domingo, 17 de junho de 2018

Operações no Lago Niassa: Um dos nossos guias.

Parte da página nº 88 do livro "Um estranho em Goa" de José Eduardo Agualusa, uma referência a Orlando Cristina:
Nota: Na primeira operação que o nosso DFE5 realizou no Lago Niassa, ainda com base em Metangula, quem nos serviu de guia foi o Orlando Cristina, branco, antigo caçador ao longo de todo o território norte de Moçambique e fluente em quase todas as línguas /dialectos locais.

segunda-feira, 11 de junho de 2018

Reencontros do DFE5: XVI Encontro em 24MAR2018 (8)

Nos Encontros que se tem realizado na área da Escola de Fuzileiros, tem sido sempre considerada uma visita à Escola e incluído no seu programa uma visita ao Museu do Fuzileiro. Neste XVI Encontro não se fugiu à regra e a visita foi excelentemente guiada por um cabo Fuzileiro da guarnição com sentido de humor apurado.

Reencontros do DFE5: XVI Encontro em 24MAR2018 (7)

A preparação para a colocação do ramo de flores, com a presença do Comandante da Escola de Fuzileiros.

Foto da Elisabete Neto (Familiar dum elemento do DFE5, o 1151/67 Daniel Neto "Vermelho" que se encontra na fotografia) que agradecemos.

domingo, 10 de junho de 2018

Reencontros do DFE5: XVI Encontro em 24MAR2018 (6)

Ainda do Encontro de 2018:
Na entrada da Escola de Fuzileiros, na chegada, no início do Encontro, a consultar a lista dos falecidos do nosso DFE5. 

Da esquerda para a direita: Garcia, Barata, Caldinhas, Guilhermino e Villas-Boas.

Foto da Elisabete Neto (Familiar dum elemento do DFE5, o 1151/67 Daniel Neto "Vermelho") que agradecemos.

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Quadro do DFE5 num restaurante em Sesimbra

No Restaurante  Tic-Tic, em Sesimbra na zona portuária, onde já organizámos pelo menos um Encontro anual, constam na parede quadros de três DFE's com a relação de todos os respectivos elementos, conforme pudemos constatar há dias:
Tratam-se, para além do nosso DFE5 de Moçambique 1969/1971, de um DFE2 e de um DFE7.

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Livro "Á Mesa com a Marinha" Vol. II. República": Foto de 1969 com elementos do nosso DFE5


 O Sr. Paulo Santos é Membro da Academia de Marinha e colaborador da Revista da Armada, para a qual tem escrito desde 2008, cerca de 12 artigos. Em Dezembro de 2012 e em Dezembro de 2013, respectivamente, lançou no Museu de Marinha e com o apoio da Comissão Cultural de Marinha, os Livros:“ O Botão de Âncora da Marinha Portuguesa” e “Sabres e Espadas da Marinha Portuguesa”(este igualmente com o apoio da Escola Naval e da AORN).
 Por ocasião dum  Dia da Marinha,  lançou com o apoio do Gabinete do Chefe de Estado Maior da Armada, e da Companhia de Seguros “Lusitania” um  livro intitulado: “À Mesa com a Marinha. Vol. I. Marinha Real Portuguesa”.
Lançou entretanto novo livro “À Mesa com a Marinha”. Vol. II. República”. Conforme o nome sugere, trata de revisitar tradições do serviço, do protocolo, das baixelas e dos pratos/menus/ementas da Marinha Portuguesa, de 1910 até à actualidade.
O livro foi dirigido ao grande publico em geral, com fotografias de qualidade, nele incluindo de várias Unidades e Messes da Marinha (eg. NRP “Sagres”, NTM “Creoula”, NRP “Vasco da Gama” etc). O livro igualmente inclui  fotografias de baixelas, de serviços de mesa de Colecção e de receitas dos pratos mais emblemáticos confeccionados e servidos pela Marinha Portuguesa.
 Tendo tido conhecimento do nosso Blog “Destacamento n. 5 - Fuzileiros Especiais, 1969-1971” mostrou-se interessado e pediu-nos a devida autorização em obter 2 Fotografias (Digitalização dos originais), com respectiva autorização de utilização para o Capitulo sobre Àfrica, para o meu futuro livro “À Mesa com a Marinha. Vol. II (Mediante a autorização, referencia ao Blog e aos seus Autores). As  fotografias são a nº 42 (2 Fuzileiros transportando uma peça de caca, data 1969 (?), e a nº 21 à Viagem dede Ida 1969 (Fuzileiros à Mesa do Paquete “Moçambique”, data 1969):

terça-feira, 27 de março de 2018

Reencontros do DFE5: XVI Encontro em 24MAR2018 (5)

Tem feito sempre parte do programa dos nossos Encontros a celebração duma Missa por alma dos nossos camaradas já falecidos. Neste décimo sexto encontro mais uma vez se celebrou uma Eucaristia presidida pelo capelão da Escola de Fuzileiros recordando os 19 elementos já falecidos (os que se sabem, cujos nomes - e alcunhas conhecidas - foram lidos).
Na foto, do altar da capela num momento da celebração, vê-se o capelão e o Comte do  nosso DFE5 lendo a 1ª leitura.